Faça a sua pesquisa:

Pesquisa personalizada

Novo Endereço:


Olá pessoal tudo bem com vocês? Já faz algum tempo que o endereço do blog Cantinho alternativo mudou. Mas estou percebendo que muitos leitores estão vindo para cá.

Então para não perder as novas postagens acesse http://www.cantinhoalternativo.com.br/.
Observem que no novo endereço tem a palavra blog na frente.


Espero você no novo endereço do blog Cantinho Alternativo. Obrigada pela compreensão e carinho.

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
João 14:27

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Criança e língua estrangeira – diversão e aprendizado de uma só vez



Sabemos que a cabecinha das crianças estão ávidas para aprender novidades. Não somente no horário escolar, mas em casa no seio da família. Uma atitude que serve de investimento é colocar a criança em contato com outras línguas.

Muitos pais se perguntam qual a idade certa para um filho ou filha aprender um novo idioma. Alguns especialistas dizem que entre 5 e 6 anos os alunos têm uma capacidade maior de organizar as informações recebidas. Um curso de inglês daria mais resultado a partir dos 5 anos de idade. Alguns defendem que não adianta bombardear os pequenos com muitas informações antes desta fase.

Mas por outro lado, o contato com outras línguas quanto mais cedo é melhor, porém sem cobranças exageradas. É que o cérebro absorve aquela informação, mesmo que a criança ainda não tenha a percepção, e posteriormente aquele conteúdo servirá de ajuda para um aprendizado mais fácil.

Os pais ou responsáveis devem focar na importância do inglês e de outras línguas, como uma vantagem para o futuro dos filhos.

Há quem aposte nas escolas bilíngues e já desde da pequena infância expõe as crianças a um ambiente onde além de sua língu mãe um asegunda é ensinada com quase a mesma proporção da primeira. Geralmente para pais de duas nacionalidades ou que moram no exterior, é uma opção válida para o filho aprender a falar a língua de ambos, do pai e da mãe, como é muito comum.

É importante notar que a criança pequena se sente mais à vontade quanto exposta a um conteúdo criativo, como jogos, músicas e brincadeiras. Através desse canal é possível utilizar palavras no estudo de outro idioma e assim dar início de leve à introdução do vocabulário e novos sons e novas pronúncias.

Há muitos livrinhos infantis feitos especialmente para desenvolver a curiosidade delas por outra língua. Músicas que repetem números, cores e nomes de animais, de frutas e de familiares, usualmente informações válidas para iniciar o conhecimento.

Através de personagens é possível abrir para a criança um universo de estudo, mostrando que há muitas línguas e que cada país tem suas características particulares. 

Não podemos negar que um estudante que domina outros idiomas tem mais chance no mercado de trabalho, além de atingir um desenvolvimento pessoal satisfatório, em viagens, em aquisição de cultura e em relações pessoais há sempre um ganho, até porque estudar outra língua é conhcer outra cultura, tudo vem junto, não se resume apenas a falar e ser fluente.

Você acha importante seu filho aprender outras línguas?

Colaboração de Roberta Clarissa Leite

Um comentário :

Nana Pinho disse...

Eu acho muito importante esse aprendizado. Uma pena que aqui no Brasil nem o português tem sido aprendido!
Mas aqui em casa pego no pé de todos e estimulo da melhor forma!
Beijos, Nana ღ
Nana Pinho em Cores
Padrinhos de uma Flor

Seguidores

Versículo do dia: