Faça a sua pesquisa:

Pesquisa personalizada

Novo Endereço:


Olá pessoal tudo bem com vocês? Já faz algum tempo que o endereço do blog Cantinho alternativo mudou. Mas estou percebendo que muitos leitores estão vindo para cá.

Então para não perder as novas postagens acesse http://www.cantinhoalternativo.com.br/.
Observem que no novo endereço tem a palavra blog na frente.


Espero você no novo endereço do blog Cantinho Alternativo. Obrigada pela compreensão e carinho.

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
João 14:27

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Projeto didático – Criar agendas telefônicas

Alfabetização – 1º e 2º anos

Projeto didático – Criar agendas telefônicas

Objetivos
· Estabelecer um sentido para o uso do alfabeto.
· Refletir sobre o funcionamento do sistema de escrita.
Conteúdo
· Sistema de escrita alfabético.

Tempo estimado: Quatro aulas.
Material necessário: Agendas telefônicas, alfabeto, cartões com nomes de
todos os alunos, folhas pautadas e com letras.

Desenvolvimento
· 1ª etapa
Explique que a agenda telefônica é uma forma interessante de manter contato com os colegas fora da escola. Apresente alguns modelos, perguntando se eles sabem como usá-las. Pergunte: “Se eu quero falar com o Ricardo, procuro aqui nome por nome. Será que isso não demora muito?”. Mostre as letras expostas nas laterais das agendas e pergunte se sabem para que serve. Indique que consultem o alfabeto da classe,deixando-o bem visível.

· 2ª etapa
Em roda, faça uma leitura dos cartões com o nome dos alunos e deixe-os
aleatoriamente um embaixo do outro. Peça que os pequenos organizem os nomes de acordo com a ordem alfabética para iniciar a produção da agenda. Oriente a atividade selecionando um nome por vez e relacionando-o com a sequência do alfabeto. É possível perguntar, por exemplo: “Mais alguém que começa com A, como a Aline?”. Ajude-os a entender que o critério de quem vem primeiro é a próxima letra ou, se forem iguais, a primeira do segundo nome. Peça que consultem o alfabeto ou conversem com um colega para checar.

· 3ª etapa
De posse da lista em ordem alfabética, promova uma leitura dos nomes, solicitando que localizem como se fossem consultar uma agenda: “Se eu quiser falar com a Joana, onde devo procurar?”. Para acionar conhecimentos sobre o valor sonoro da escrita, trabalhe nomes que começam com a mesma letra – por exemplo, a diferenciar Bianca de Beatriz por causa do valor sonoro da vogal “i”.

· 4ª etapa
Coloque mais uma vez a lista dos nomes no quadro e peça que cada um fale o seu número de telefone para que seja registrado próximo ao nome. Em seguida, entregue uma folha com linhas para cada letra do alfabeto e solicite que façam a cópia dos nomes e números dos colegas, respeitando a ordem alfabética. Oriente-os a montar as agendas com grampeador e a colar uma foto  ou um desenho na capa.

(Flexibilização para deficiência física (cadeirante com dificuldade na
linguagem e pouca mobilidade de membros superiores)
Peça ao aluno para trazer de casa o número do seu telefone anotado em
um papel. Coloque-o junto a um colega. Na carteira, deixe um reta
numérica (0-9) e peça que ele aponte o número para o colega preencher.

Produto final:
Agenda telefônica da turma.

Avaliação:

Avalie cada aluno com base nos seguintes aspectos: identifica os nomes
dos colegas? Faz relações entre as letras do alfabeto e a ordem deles
com o nome dos alunos? Aproxima-se do valor sonoro convencional das
letras? Reflete sobre a posição e a ordem das letras que compõem os
nomes? A observação desses pontos auxilia a definir os agrupamentos
para as próximas atividades, quando podem ser mesclados estudantes de
níveis diferentes.

Consultoria CLÉLIA CORTEZ
Fonte: Revista Nova Escola
www.ne.org.br ESPECIAL PLANOS DE AULA – LÍNGUA PORTUGUESA

Nenhum comentário :

Seguidores

Versículo do dia: